O GERENCIAMENTO DA PRODUÇÃO SEGUNDO A TEORIA DAS RESTRIÇÕES: UMA APLICAÇÃO EM UMA EMPRESA DE DESENVOLVIMENTO DE SOFTWARE

Autores

  • Ana Maria Magalhães Correia
  • Armistrong Martins da Silva
  • Ana Carolina Costa de Oliveira
  • Antônio de Mello Villar

DOI:

https://doi.org/10.47179/abcustos.v5i3.102

Palavras-chave:

Gerenciamento da Produção. Teoria das Restrições. Desenvolvimento de Software.

Resumo

Este artigo tem por objetivo aplicar os princípios da Teoria das Restrições (TOC) para auxiliar no gerenciamento da produção de uma empresa de desenvolvimento de software, abrangendo questões relacionadas à aplicação dos seus cinco passos e na consequente melhoria dos processos organizacionais. A metodologia utilizada está fundamentada nas pesquisas bibliográfica, descritiva e exploratória, tendo sido levantadas as informações necessárias para atender os objetivos propostos por este estudo. Foram identificadas nas atividades da empresa duas restrições no sistema (conversão de dados e personalizações), e ao final do processo de focalização, com a implantação das melhorias nas atividades, a empresa obteve um aumento de desempenho, refletindo em maiores lucros. Portanto, os resultados indicam que a TOC utilizada como ferramenta de melhoria contínua é bastante útil no gerenciamento da produção, sendo viável e promissora na identificação de ações a serem realizadas para otimização do sistema como um todo.

Downloads

Publicado

2010-12-15

Edição

Seção

Artigos e resenhas