Um Estudo Comparativo sobre a Atuação do Controle Interno em Pequenos Municípios do Cariri Ocidental Paraibano

Autores

DOI:

https://doi.org/10.47179/abcustos.v17i3.662

Palavras-chave:

Palavras-chave: Controle Interno. Gerenciamento de Processos. Servidores.

Resumo

O presente trabalho tem como objetivo investigar a realidade dos pequenos municípios do Cariri Ocidental Paraibano, quanto ao uso do controle interno no gerenciamento dos processos internos. Buscando caracterizar o perfil dos servidores que atuam no gerenciamento e no Controle Interno do município, além de verificar quais municípios possuíam o Controle Interno e qual seu atual estágio de implantação, e ainda, identificar se o Controle Interno subsidia o gerenciamento dos processos internos. No tocante aos procedimentos metodológicos, este estudo se caracteriza como um estudo de casos múltiplos, tendo ainda um caráter descritivo, comparativo, com abordagem qualitativa. Com relação à coleta de dados, essa se deu com mediante a aplicação de um questionário, contendo questões fechadas e abertas, junto ao servidor responsável pelo controle interno das prefeituras dos municípios de Amparo, Assunção, Congo, Ouro Velho, Prata, São José dos Cordeiros, São Sebastião do Umbuzeiro e Zabelê. Quanto ao perfil dos servidores que atuam no gerenciamento e no Controle Interno, é caracterizado de modo igual entre homens e mulheres, sendo que a maioria possui nível superior completo, sendo compatível com a função desempenhada. Ainda, constatou-se que o estágio de implantação do Controle Interno é recente em alguns dos municípios pesquisados, apenas o Congo possui o Controle desde o ano de 2013, outros dois municípios estão em fase de implantação como o Prata e São Sebastião do Umbuzeiro, e no município de Amparo, o projeto está na câmara municipal aguardando votação para aprovação. A pesquisa revelou que alguns dos municípios demonstraram preocupação com possíveis erros, fraudes e irregularidades diante dos processos; reconhecendo assim a importância do uso do Controle Interno na administração pública, mediante o que preconiza a CF de 1988.

Palavras-chave: Controle Interno. Gerenciamento de Processos. Servidores.

 

 

Biografia do Autor

MAURICEIA CARVALHO NASCIMENTO, UNIVERSIDADE ESTADUAL DA PARAÍBA (UEPB)

Doutorado em andamento em Engenharia e Gestão de Recursos Naturais; Mestrado em Gestão Pública e Internacional 

Professora Substituta na Universidade Estadual da Paraíba (UEPB)

Rua Antônio Batista Gouveia nº 119, Renascer, Sumé/PB, CEP: 58.535-000

 

José Janilson Ferreira de Lima, UEPB

Bacharel em Ciências Contábeis
Servidor Público Municipal
Rua Edgar Meira Vilarim, 123, centro, Amparo/PB

Josimar Farias Cordeiro , UEPB

Mestre em Ciências Contábeis

Professor na Universidade Estadual da Paraíba (UEPB)

 

João da Silva Farias, Universidade Federal de Campina Grande UFCG

Tecnólogo em Gestão Pública pela Universidade Federal de Campina Grande (UFCG), Especialização em Gestão de Políticas Públicas pelo Instituto Federal de Pernambuco (IFPE).

Assistente em Administração no Centro de Saúde e Tecnologia Rural – Universidade Federal de Campina Grande (UFCG)

Bruno Rodrigues Cabral, IFPB

Mestrado em Gestão Pública e Cooperação Internacional

Servidor no IFPB

 

Downloads

Publicado

2022-12-31

Edição

Seção

Artigos e resenhas