O SISTEMA BANCÁRIO BRASILEIRO: UMA ANÁLISE DO DESEMPENHO ATRAVÉS DA DEA

Autores

  • Marcelo Alvaro da Silva Macedo
  • Ana Carolina Thomaz de Almeida Monteiro Barbosa

DOI:

https://doi.org/10.47179/abcustos.v3i3.57

Palavras-chave:

Desempenho. Bancos. DEA.

Resumo

Este artigo tem como objetivo a avaliação da eficiência do mercado bancário brasileiro por meio de uma análise evolutiva (2001-2007) dos bancos em atividade no país. Para tanto, com base nos dados extraídos do Relatório dos 50 Maiores Bancos publicado pelo Banco Central do Brasil, sugeriu-se a utilização da metodologia DEA para avaliação do desempenho dos bancos públicos e privados, sejam eles de controle nacional ou estrangeiro. Os resultados revelaram a existência de algumas instituições 100% eficientes, que possuem uma excelente combinação de recursos de entrada e saída, não necessitando de melhorias. Além disso, observou-se não existir relação entre eficiência e tamanho nas análises dos segmentos. Isso mostra que, nestes ramos, não há vantagem dos bancos de grande porte em relação aos médios e pequenos, ou seja, que não é o tamanho, mas sim o desempenho que gera a competitividade.

Downloads

Publicado

2008-12-16

Edição

Seção

Artigos e resenhas