OPERAÇÃO EM MERCADOS FUTUROS E LUCRATIVIDADE DA PROPRIEDADE RURAL: ANÁLISE BASEADA NOS CUSTOS DE PRODUÇÃO DE CAFÉ

Autores

  • Larissa Ananda Paiva Maciel Universidade Federal de Rondônia Mestrado em Administração
  • Carlos André da Silva Müller Universidade Federal de Rondônia Programa de Pós Graduação Mestrado em Administração
  • Rosália Maria Passos da Silva Universidade Federal de Rondônia Mestrado em Administração

DOI:

https://doi.org/10.47179/abcustos.v11i1.330

Palavras-chave:

Mercados futuros. Custos de produção. Café.

Resumo

Os mercados futuros agropecuários são entendidos como uma ferramenta fundamental para a gestão do risco de preços, a partir dos quais, cooperativas, agricultores têm a possibilidade de reduzir riscos de volatilidade de preços, por meio de estratégias de hedge. Entretanto, o uso do mecanismo é bastante reduzido entre produtores rurais. Essa pesquisa teve a finalidade de compreender como a atuação em mercados futuros é capaz de afetar a lucratividade rural com base nos cálculos dos custos de produção de café robusta de Cacoal, em Rondônia. Buscou-se calcular estratégias de hedge de mínima variância por meio do Modelo Vetorial Auto-Regressivo para determinação do preço efetivo, bem como foi construído a planilha de custos da produção média dos produtores. Probabilisticamente, os resultados indicam que os impactos sobre a lucratividade estão concentrados em torno do preço à vista do produtor, caso não opte pela operação em mercados futuros. Conclui-se que a operação conjunta de atuação em mercados futuros e comercialização física não representa impactos tanto negativos quanto positivos na lucratividade do produtor rural de café de Cacoal, portanto esse não pode ser o argumento de não atuação em mercados futuros, mesmo considerando a distância dessa praça para o mercado tradicional.

Downloads

Publicado

2016-07-19

Edição

Seção

Artigos e resenhas