HÁ INTERAÇÃO ENTRE VISÃO DE MERCADO E EFICIÊNCIA OPERACIONAL NO SETOR DE DISTRIBUIÇÃO DE ENERGIA ELÉTRICA BRASILEIRO?

Autores

  • Marcelo Daniel Araujo Ermel UFRN-UFPB-UNB
  • Raimundo Marciano de Freitas Neto UFRN
  • Aneide Oliveira Araujo UFRN

DOI:

https://doi.org/10.47179/abcustos.v11i1.316

Palavras-chave:

Custos. Setor de Energia Elétrica. Avaliação de Desempenho.

Resumo

Este trabalho teve como objetivo avaliar se a eficiência dos custos das empresas distribuidoras de energia elétrica está diretamente relacionada à visão do mercado, sendo um estudo de caráter descritivo e quantitativo. Para tanto, foi utilizado o Q de Tobin, como proxy para visão de mercado, e a eficiência dos custos das empresas foi medida por meio da Análise Envoltória de Dados (DEA) sendo os inputs o Custo do Produto Vendido e Ativo total, e o output a Receita de Vendas. Depois de estimados, foi realizada uma regressão em painel com efeitos fixos, tendo o Q de Tobin como variável dependente em função da eficiência. Dessa regressão foi obtido um R² de 52,4%, embora o resultado sugira que a eficiência de custos não é significativa na determinação da percepção do mercado acerca da firma. Os resultados são limitados à amostra de 11 empresas dentro do período de 2008 a 2012.

Downloads

Publicado

2016-07-19

Edição

Seção

Artigos e resenhas